• Sabrina Hoffmann

Trabalho remoto: cinco dicas para aplicar home office em tempos de isolamento social

Com as ações de prevenção ao Covid-19 (coronavírus) se intensificando, muitas empresas já adotaram novos modelos de atuação a fim de garantir o bem-estar de equipes e clientes. Consultor empresarial destaca que é possível manter a produtividade mesmo trabalhando em casa


Os últimos dias foram de mudanças bruscas na rotina dos brasileiros. Grandes centros e boa parte dos estados já adotam medidas para conter o avanço do Covid-19 (coronavírus) e o trabalho remoto ganha um novo capítulo na história das empresas.


Para Roberto Vilela, consultor empresarial e palestrante, é possível garantir a manutenção dos serviços sem comprometer a saúde dos colaboradores. Com alguns cuidados e ações, o trabalho remoto pode ser tão produtivo quanto o presencial. Ele, que também adotou ferramentas online para realizar consultorias e palestras, listou cinco dicas para empresas e profissionais se ajustarem ao novo momento:


1 - Crie uma rotina de trabalho

Mesmo estando em casa é importante manter os hábitos comuns do dia a dia. Por exemplo: ter um horário definido para acordar, tomar café, começar a trabalhar. Respeitar uma carga horária que não comprometa a qualidade das entregas, com hora para começar e para terminar o dia de trabalho também é importante.


2 - O ambiente precisa ser adequado

Quando tocamos neste assunto existe um senso comum de que local adequado é aquele com conforto. Se possível, reserve um cômodo ou um espaço da casa que seja exclusivo para trabalho. Um lugar bem arejado e iluminado, com uma boa cadeira, por exemplo, deve ser levado em consideração. Quem costuma ter muitas reuniões deve priorizar ainda um ambiente que o permita se isolar do restante da casa, para que a produtividade não seja impactada pela rotina familiar.


3 - Soluções digitais

Com a drástica redução de encontros presenciais, recorrer a plataformas digitais para realizar reuniões e alinhamentos será essencial. Mantenha o contato com a equipe de trabalho, clientes e parceiros. Utilize para isso e-mails, ligações, vídeoconferências e apps de mensagens. O contato frequente entre liderança e equipe, por exemplo, será fundamental para que o trabalho continue. E com estes recursos ele pode ocorrer quase que normalmente.


4 - Feedbacks e atualizações

Para empresas que adotaram o home office para toda a equipe, é importante se criar uma rotina semanal ou até mesmo diária de atualização. Uma breve reunião online antes de começar o dia para elencar prioridades, uso de plataformas de gestão para verificar o andamento das ações, reuniões entre líder e colaborador para realização de feedbacks devem ser ações frequentes.


5 - Defina metas e prioridades

Assim como na rotina normal de trabalho, no home office é fundamental ter metas e prioridades definidas. Comece a executar sempre as atividades mais complexas e urgentes, evitando assim a procrastinação.


Sobre o consultor Roberto Vilela é especialista nas áreas de gestão e estratégias comerciais. Atua em todo o Brasil com clientes de médio e grande porte realizando palestras, consultoria comercial e treinamentos vivenciais. É autor dos livros Em Busca do Ritmo Perfeito, em que traça um paralelo entre as lições do universo das corridas para a rotina de trabalho, e Caçador de Negócios, com dicas para performances de excelência profissional. Produz ainda séries de podcasts sobre estes assuntos, disponíveis nas plataformas Spotify e Itunes. E-books, artigos, áudios e vídeos disponíveis em www.orobertovilela.com.br.

1 visualização